ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DE MARUÍPE

Quem Somos

A história da criação da Associação de Moradores de Maruípe, remonta ao início do ano de 1997, com a idéia do antigo morador do bairro, Sr. Silvio Lopes Pereira, na época, representante do bairro na Câmara Municipal de Vitória, que através de esclarecimentos, procurou mostrar aos moradores as vantagens em se criar uma organização e um Conselho Interativo de Segurança, cujas experiências aplicadas noutros bairros, traziam benefícios em prol da comunidade.

Do primeiro encontro realizado no dia 05 de Julho de 1997, surgiu a célula que decolou os primeiros procedimentos para o desenvolvimento da Associação, quando então foi eleita a primeira Diretoria Administrativa, sob a titularidade do Sr. José Saleme, brilhante contador que gerenciou os procedimentos de organização da Entidade.

Naquela ocasião, comentava-se que os cofres da Policia Militar não eram suficientes para cobrir os gastos com a implantação de uma unidade Militar no bairro, palavras ditas pela Capitã Fabrizia, Comandante da 4ª Cia de PM, na explanação feita aos moradores do bairro no dia 22 de Julho de 1997, na reunião havida na residência do Sr. Silvio Lopes Pereira, quando esta fazia explanação aos moradores acerca do funcionamento da Policia Interativa nos bairros.

Foi dito, que na integração Policia Militar com a comunidade, a primeira participaria designando profissionais para atuarem no bairro, e a comunidade contribuiria com alimentação, viaturas, fardas, etc. o que é hoje, no mínimo, um absurdo.

Para que se possa fazer uma avaliação, o valor cobrado hoje nas mensalidades é o mesmo instituído desde a fundação da Entidade, ou seja, R$ 5,00 pessoa física e R$ 10,00 pessoa jurídica.

O tempo decorreu, e não fosse a generosidade do morador, OLNEY CELANTE, concedendo um empréstimo à Associação no valor de R$ 20.000.00, talvez não tivéssemos adquirido o imóvel que hoje abriga a nossa sede, e talvez também, nosso destino tivesse sido outro.

Citado empréstimo, foi quitado em dois pagamentos, sendo um no valor de R$ 5.000,00 (cheque nº 000288) e outro de R$ 15.000,00 mediante o (cheque nº 000295), aplicados juros de 25 a.m.

Com inúmeras dificuldades enfrentadas, entre altos e baixos instalou-se nas dependências da sede da AMM, a unidade da 4ª Cia Interativa, com o objetivo de dar segurança à comunidade.

A Associação ainda não tem consolidada a realização dos seus sonhos, mas espera num breve futuro, apresentar para a comunidade do bairro o resultado do trabalho realizado pelas Diretorias que por aqui passaram, que com muito empenho, dedicação e carinho, emprestaram à AMM seus esforços, na busca de um futuro melhor para os moradores, bem definido no Estatuto da Entidade.